Criar e executar um app para wearables

Os apps para Wear OS são executados diretamente em um smartwatch, dando a você acesso ao hardware, como os sensores e a GPU. Eles são semelhantes a outros apps que usam o SDK do Android, mas diferem em design e funcionalidade.

Um app para Wear OS precisa funcionar independente do app para smartphones, oferecendo aos usuários a maior flexibilidade possível na escolha do smartphone. Para mais informações, consulte Apps independentes e não independentes no Wear OS.

Observação: você pode testar seu app em um smartwatch usando USB, Wi-Fi ou Bluetooth, conforme descrito em Depurar um app para Wear OS. Ao depurar seu app em um smartwatch real, você avalia melhor a experiência do usuário como um todo. Também é possível usar o emulador de smartwatch do Android Studio para testar seu app em diferentes formatos e tamanhos de tela.

Configurar o ambiente

Instale a versão mais recente do Android Studio. Para mais informações sobre a criação de apps no Android Studio, consulte a Visão geral de projetos.

Use o SDK Manager para confirmar se você tem a versão mais recente da Plataforma Android com suporte para Wear OS, o Android 11 (nível 30 da API).

Se você planeja disponibilizar seus apps para Wear OS na China, consulte Criar apps para Wear OS para a China.

Criar um app para Wear OS

É possível criar um app para Wear OS usando o assistente New Project do Android Studio.

Iniciar um projeto do Wear OS

Para criar um projeto no Android Studio:

  1. Clique em File > New > New Project.
  2. Na janela Project Template, clique na guia Wear OS, selecione Empty Compose Activity e clique em Next.
  3. Na janela New Project, insira um nome, preencha as informações padrão do projeto e clique em Finish.

    O Android Studio cria um projeto com um módulo do app para o provedor de dados.

  4. No arquivo build.gradle do módulo do app:
    • Na seção android, confira se a compileSdkVersion está definida como 33.
    • Na seção android, confira se a targetSdkVersion está definida como 30.
    • Substitua a seção dependencies por dependências específicas do Wear OS.
  5. No arquivo de manifesto do Android, confira se a tag <uses-feature> está definida. Defina android:name="android.hardware.type.watch", conforme mostrado no exemplo a seguir:
    <manifest>
    ...
      <uses-feature android:name="android.hardware.type.watch" />
    ...
    </manifest>
    
  6. Sincronize seu projeto do Android Studio. Para executar o código no novo módulo, consulte Iniciar o emulador e executar seu app para Wear OS.

Iniciar o emulador e executar seu app Wear OS

Para usar o emulador, configure um Dispositivo virtual Android (AVD, na sigla em inglês). Confirme se você tem a versão mais recente das ferramentas da plataforma do SDK do Android no SDK Manager.

Configure um AVD e execute seu app da seguinte maneira:

  1. No Android Studio, abra o gerenciador do Dispositivo virtual Android em Tools > AVD Manager.
  2. Clique em Create Virtual Device.
  3. No painel Category, selecione Wear OS e escolha um perfil de hardware. Clique em Next.
  4. Selecione uma imagem do sistema para fazer o download. Por exemplo, selecione a imagem com API Level 30 e, em seguida, Target "Android 11.0 (Wear OS)". Clique em Next e, em seguida, clique em Finish.
  5. Feche o Gerenciador de dispositivos virtuais Android.
  6. Na barra de ferramentas do Android Studio, selecione o AVD criado no menu suspenso do dispositivo de destino e clique em Run .

    O AVD é iniciado e, após alguns instantes, executa seu app. Uma mensagem de "Hello…" será exibida.

Para mais informações sobre o uso de AVDs, consulte Executar apps no Android Emulator.

Atualizar um projeto do Wear OS

Se você já tiver um projeto, pode ser necessário atualizar o arquivo settings.gradle. Use google() para incluir o repositório Maven do Google. Para ver informações relacionadas, consulte o repositório Maven do Google.

O arquivo settings.gradle do projeto do Android Studio precisa incluir o seguinte código:

  dependencyResolutionManagement {
      ...
      repositories {
          google()
          jcenter()
      }
  }

Aviso: o repositório JCenter passou a ser somente leitura em 31 de março de 2021. Para ver mais informações, consulte a atualização do serviço JCenter.

Configurar um smartwatch

A implantação de um app em um smartwatch é semelhante à implantação de um app em um smartphone.

Esta seção presume que seu smartwatch tenha uma porta USB. Caso ele não tenha, consulte as instruções para conectá-lo por Wi-Fi ou Bluetooth.

Ative a depuração do adb no smartwatch:

  1. Abra o menu Settings do smartwatch.
  2. Role até a parte inferior do menu. Se o item Developer Options não for exibido, toque em System e, em seguida, em About.
  3. Toque no número da versão sete vezes.
  4. No menu Settings, toque em Developer Options.
  5. Ative ADB debugging.

Conecte o smartwatch:

  1. Conecte o smartwatch à sua máquina por USB para que você possa instalar apps diretamente nele.
  2. No smartwatch, toque em Sempre permitir neste computador e, em seguida, em OK.

Depois de conectar o smartwatch, selecione um destino de implantação para executar o app, conforme descrito em Criar e executar o app.

Configurar um smartphone

Esta seção contém informações sobre a configuração de um telefone associado com um app complementar do Wear OS.

Observação: apps Wear OS precisam ser autônomos e funcionar independentemente de um smartphone. No entanto, caso seu app dependa de um app para smartphones, veja as informações a seguir sobre como atualizar um smartphone com o app complementar mais recente do Wear OS.

Usar a versão para Android do app complementar

Em um smartphone Android, acesse a página "Detalhes do app" do Wear OS. Toque em Atualizar para fazer o download do app e instalá-lo. Após a instalação, confira se a opção Atualizar automaticamente está selecionada para o app. Consulte a seção "Configurar atualizações automáticas para apps específicos" em Como atualizar apps transferidos por download. Toque em Abrir para iniciar o app.

Parear um smartphone Android com um smartwatch

Depois de instalar o app complementar em um smartphone, cancele todos os pareamentos obsoletos com smartwatches, se necessário. Em seguida, pareie o smartphone com o smartwatch com a nova imagem:

  1. No smartphone, selecione o nome do seu dispositivo na lista. Um código de pareamento será exibido no smartphone e no smartwatch. Confira se os códigos são iguais.
  2. Toque em Parear para continuar o processo de pareamento. Quando o smartwatch se conectar ao smartphone, uma mensagem de confirmação será exibida. No smartphone, uma tela que lista as contas será exibida.
  3. Escolha uma Conta do Google para adicionar e sincronizar com o smartwatch.
  4. Confirme o bloqueio de tela e insira a senha para começar a copiar a conta do seu smartphone para o smartwatch.
  5. Siga as instruções no assistente para finalizar o processo de pareamento.

App complementar para iPhones

Um app complementar do iOS está disponível, mas o smartphone em que o app está instalado precisa ter o iOS 8.2 ou versão mais recente.

  1. No iPhone, acesse a App Store, faça o download do app complementar do Wear OS e instale-o.
  2. Siga as instruções no smartwatch e no smartphone para começar o processo de pareamento. Para ver mais informações, consulte a respectiva página de Ajuda.

Parear dispositivos a um emulador de smartwatch

Você pode parear dispositivos a um Dispositivo virtual Android (AVD, na sigla em inglês) ou emulador manualmente ou usando o assistente de pareamento do emulador do Wear OS.

Usar o assistente de pareamento do emulador do Wear OS

Observação: seu smartphone precisa ter o Android 11 (nível 30 da API) ou versão mais recente e a Google Play Store instalada para usar o assistente de pareamento do emulador do Wear OS. Também é necessário conferir se os emuladores do Wear têm uma API de nível 28 ou mais recente para usar os últimos recursos do Google Assistente. Para fazer upgrade das imagens do sistema nos dispositivos emulados, use o SDK Manager.

Com o assistente de pareamento do emulador do Wear OS é fácil gerenciar e conectar emuladores do Wear. É possível parear vários dispositivos Wear com um único smartphone virtual ou físico. Além disso, o Android Studio memoriza e pareia dispositivos que já foram conectados anteriormente quando eles são iniciados.

Para parear dois dispositivos, siga estas etapas:

  1. Crie um emulador do Wear, caso ainda não tenha feito isso.
  2. No Gerenciador de dispositivos, pressione o ícone de menu suspenso em um dos dispositivos que você quer parear e, em seguida, selecione Pair Wearables.

    Figura 1. Menu suspenso de um dispositivo que pode ser pareado a um emulador do Wear.

  3. Essa ação inicia o assistente de pareamento do emulador do Wear OS. Ao clicar em Pair Wearable em um smartphone, uma lista de dispositivos Wear disponíveis será exibida. Caso tenha iniciado o processo em um dispositivo Wear, uma lista de smartphones disponíveis será exibida. Selecione o dispositivo que você quer parear e clique em Next.
  4. Pode levar alguns minutos para o Android Studio iniciar e preparar os dispositivos. Caso você ainda não tenha o app complementar do Wear OS no smartphone, siga as instruções para fazer login na Play Store e, em seguida, instale e configure o app.
  5. Para parear os dispositivos no app Wear OS do seu smartphone, clique no menu de três pontos e selecione Pair with emulator.

Um pequeno ícone é exibido ao lado dos dispositivos pareados no Gerenciador de dispositivos quando o pareamento é concluído. Também é possível clicar no menu suspenso e selecionar View details para conferir uma lista de dispositivos pareados.

Figura 2. A janela de ferramentas Paired Devices mostra dispositivos pareados ao dispositivo selecionado.

Parear um smartphone com o AVD de um smartwatch

Caso queira usar uma Conta do Google no AVD do smartwatch durante o desenvolvimento, você pode parear um smartphone com o AVD do smartwatch e sincronizar a conta:

  1. Siga as etapas para configurar um smartphone.
  2. No smartphone, ative as opções Developer Options e USB Debugging.
  3. Conecte o smartphone ao computador pela porta USB.
  4. Encaminhe a porta de comunicação do AVD para o smartphone conectado sempre que a conexão for feita:
    adb -d forward tcp:5601 tcp:5601
  5. No app para Wear OS do smartphone, comece o processo de pareamento padrão. Por exemplo, na tela inicial, toque no botão Set it Up. Como alternativa, se já houver um smartwatch pareado, toque em Adicionar um novo relógio no menu suspenso mostrado no canto esquerdo de cima.
  6. No app para Wear OS do smartphone, toque no botão flutuante e, em seguida, em Pair with Emulator.
  7. Toque no ícone Settings.
  8. Em Device Settings, toque em Emulator.
  9. Toque em Accounts, selecione uma Conta do Google e siga as etapas no assistente para sincronizar a conta com o emulador. Se necessário, digite a senha de bloqueio de tela do dispositivo e a senha da Conta do Google para iniciar a sincronização da conta.

Conectar um smartphone a vários dispositivos Wear

Para conectar um segundo dispositivo Wear a um smartphone virtual ou físico, siga as mesmas etapas do primeiro pareamento: localize o smartphone ou dispositivo Wear que você quer parear no Gerenciador de dispositivos, clique no menu suspenso e, em seguida, em Pair Wearable.

Adicionar um módulo do Wear OS ao seu projeto

Você pode adicionar um módulo de um dispositivo Wear OS ao projeto existente do Android Studio, o que permite que os códigos do seu app para smartphone sejam reutilizados.

Fornecer um módulo do Wear OS no seu projeto existente

Para criar um módulo do Wear OS, abra seu projeto existente do Android Studio e faça o seguinte:

  1. Clique em File > New > New Module.
  2. Na janela New Module, selecione Wear OS Module e clique em Next.
  3. Em Configure the new module, insira:
    • Application/Library Name: essa string é o título do ícone na tela de início do app para o novo módulo.
    • Module Name: essa string é o nome da pasta dos arquivos de código-fonte e recursos.
    • Package Name: essa string é o namespace Java do código no módulo do app. Ela é adicionada ao atributo package no arquivo de manifesto do app Android.
    • Minimum SDK: indica a versão mais antiga da plataforma compatível com o módulo do app. Por exemplo, selecione API 26: Android 8.0 (Oreo). Esse valor define o atributo minSdkVersion no arquivo build.gradle, que pode ser editado depois.
  4. Clique em Next. Várias opções de modelo de código serão exibidas. Clique em Blank Wear OS Activity e, em seguida, em Next.
  5. Na janela Configure Activity, insira ou aceite os valores padrão de Activity Name, Layout Name e Source Language. Clique em Finish.

O Android Studio cria e sincroniza os arquivos para o novo módulo. Além disso, ele também adiciona qualquer dependência necessária do Wear OS ao arquivo de versão do novo módulo. O novo módulo aparece na janela Project, no lado esquerdo da tela. Se a pasta do novo módulo não for exibida, verifique se a visualização Android está aberta na janela.

Inclua o seguinte no arquivo build.gradle do novo módulo do Wear OS:

Incluir bibliotecas

Observação: recomendamos usar o Android Studio ao desenvolver apps para Wear OS, já que ele possibilita a configuração de projetos, a inclusão de bibliotecas e o empacotamento.

Quando você usa o assistente de projetos do Android Studio, esse assistente importa dependências no arquivo build.gradle do módulo correspondente. No entanto, as dependências não são necessárias para todos os apps. Leia as informações abaixo sobre as dependências.

Para atualizar um projeto do Wear OS para a versão mais recente do SDK, use as configurações apresentadas na seção Iniciar um projeto do Wear OS.

Notificações

Para mais informações sobre dependências para notificações, consulte Criar uma notificação no Wear.

Como criar IUs para o Wear OS

O Compose é nossa abordagem recomendada para criar interfaces do usuário para apps Wear OS. O Compose para Wear OS oferece mais de 20 componentes projetados para o formato do Wear OS, o que é muito mais do que o número de componentes disponíveis com base em visualização. Esses componentes foram criados para você criar experiências do usuário de acordo com as diretrizes mais recentes do Material Design para Wear OS. No entanto, se você preferir criar com visualizações, adicione uma dependência à biblioteca de IU do Wear OS. Para mais informações, consulte Criar IUs baseadas em visualização no Wear OS.

Google Play Services e APIs Data Layer de wearables

Caso seu app dependa do Google Play Services para sincronizar e enviar dados (usando as APIs Data Layer) ou por outros motivos, você precisa ter a versão mais recente do Google Play Services. Se você não estiver usando essas APIs, remova a dependência.

Economizar energia no smartwatch

O smartwatch passa do modo interativo para o modo ambiente quando fica inativo ou quando o usuário cobre a tela com a palma da mão.

Para economizar energia, evite usar o modo ambiente. Se o smartwatch entrar no modo ambiente enquanto o app estiver ativo e o usuário interagir novamente com o dispositivo dentro de um período especificado, seu app será a primeira tela mostrada ao usuário.

Para casos de uso específicos, pode ser necessário sobrepor o modo ambiente no app. Por exemplo, o app poderá sobrepor o modo ambiente se o usuário estiver monitorando uma corrida e precisar conferir as horas em todos os momentos.

Os apps para smartwatches que podem passar para o modo ambiente são chamados de apps sempre ativados. Veja uma descrição desses dois modos de operação para apps sempre ativados:

Interativo
Use cores com animações nesse modo. O app também fica responsivo a entradas.
Ambiente
Renderize a tela com gráficos em preto e branco e não apresente nenhuma sugestão de entrada nesse modo. Esse modo de exibição só oferece suporte a dispositivos que executam o Android 5.1 ou mais recente.

Para ver mais informações e as práticas recomendadas, consulte a página Manter seu app visível no Wear OS.