Benchmark

Meça a performance do seu código no Android Studio com precisão.
Atualização mais recente Versão estável Versão candidata a lançamento Versão Beta Versão Alfa
10 de julho de 2024 1.2.4 - 1.3.0-beta02 -

Declarar dependências

Para adicionar uma dependência à biblioteca Benchmark, é preciso adicionar o repositório Maven do Google ao seu projeto. Leia Repositório Maven do Google para ver mais informações.

Macrobenchmark

Para usar a Macrobenchmark no seu projeto, adicione as dependências abaixo ao arquivo build.gradle do módulo da biblioteca Macrobenchmark:

Groovy

dependencies {
  androidTestImplementation "androidx.benchmark:benchmark-macro-junit4:1.2.4"
}

Kotlin

dependencies {
  androidTestImplementation("androidx.benchmark:benchmark-macro-junit4:1.2.4")
}

Microbenchmark

Para usar a Microbenchmark no seu projeto, adicione as dependências abaixo ao arquivo build.gradle do módulo Microbenchmark:

Groovy

dependencies {
    androidTestImplementation "androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.2.4"
}

android {
    ...
    defaultConfig {
        ...
        testInstrumentationRunner "androidx.benchmark.junit4.AndroidBenchmarkRunner"
    }
}

Kotlin

dependencies {
    androidTestImplementation("androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.2.4")
}

android {
    ...
    defaultConfig {
        ...
        testInstrumentationRunner = "androidx.benchmark.junit4.AndroidBenchmarkRunner"
    }
}

Microbenchmark 库还提供了一个可与 Microbenchmark 模块搭配使用的 Gradle 插件。此插件可设置模块的默认 build 配置,设置将基准输出复制到主机,并提供 ./gradlew lockClocks 任务

如需使用该插件,请在顶级 build.gradle 文件的“plugins”代码块中添加以下代码行:

Groovy

plugins {
  id 'androidx.benchmark' version '1.2.4' apply false
}

Kotlin

plugins {
  id("androidx.benchmark") version "1.2.4" apply false
}

然后,将该插件应用到基准模块的 build.gradle 文件

Groovy

plugins {
  id 'androidx.benchmark'
}

Kotlin

plugins {
    id("androidx.benchmark")
}

Feedback

Seu feedback ajuda a melhorar o Jetpack. Avise se você descobrir novos problemas ou tiver ideias para melhorar esta biblioteca. Consulte os problemas conhecidos nesta biblioteca antes de criar um novo. Adicione seu voto a um problema clicando no botão de estrela.

Criar novo problema

Consulte a documentação do Issue Tracker para saber mais.

Versão 1.3

Versão 1.3.0-beta02

10 de julho de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-beta02. A versão 1.3.0-beta02 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Gerencie o EXITCODE 2 corretamente ao iniciar o Perfetto para registrar um aviso, mas continue.

Versão 1.3.0-beta01

12 de junho de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-beta01. A versão 1.3.0-beta01 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • MethodTracing.affectsMeasurementOnThisDevice foi renomeado como AFFECTS_MEASUREMENT_ON_THIS_DEVICE para manter a consistência (I1bdfa).
  • A API BlackHole.consume() experimental foi adicionada para evitar a eliminação de códigos inativos em microcomparações. (If6812, b/286091643).
  • A Microbenchmark agora será gerada corretamente para evitar que o rastreamento de métodos interfira nas medições. Isso ocorre em determinados dispositivos quando o rastreamento de método é forçado (por argumentos de instrumentação ou MicrobenchmarkConfig) e quando uma medição é tentada após um rastreamento de método. Os dispositivos afetados têm as APIs de nível 26 a 30 ou determinadas versões do módulo de linha principal do ART afetadas por essa interferência. Eles podem ser detectados durante a execução via ProfilerConfig.MethodTracing.affectsMeasurementOnThisDevice. (Iafb92, b/303660864).

Correções de bugs

  • Versão máxima do agp recomendada para 9.0.0-alpha01. (I5bbb0).
  • O modo de compilação foi adicionado ao contexto de comparação (If5612, b/325512900).
  • Ativar o rastreamento AIDL por padrão (requer a API 28) (Ia0af2, b/341852305).
  • Adicionamos mais informações no contexto da comparação na saída JSON:
    • context.artMainlineVersion: versão inteira do módulo de arte principal (se presente no dispositivo, -1 caso contrário).
    • context.build.id: igual a android.os.Build.ID
    • context.build.version.codename: igual a android.os.Build.VERSION.CODENAME
    • context.build.version.abbreviatedCodename: corresponde à primeira letra do codinome de pré-lançamento (mesmo em builds de lançamento) (Ie5020).
  • O StackSampling foi corrigido para respeitar androidx.benchmark.profiling.sampleDurationSeconds (Ib1d53).
  • Mude a dependência macro->common para api(). Assim, fica mais fácil de usar, por exemplo, PerfettoTrace e PerfettoConfig. (Icdae3, b/341851833).
  • Garanta que as tarefas mergeArtProfile e mergeStartupProfile sempre aguardem a geração do perfil de referência. (I623d6, b/343086054).
  • Considere o estado de ativação da variante ao decidir se ela precisa ser ativada. (I5d19e, b/343249144).
  • Aumento do tempo limite de início padrão do processador de rastreamento perfetto. (I87e8c, b/329145808).

Versão 1.3.0-alpha05

14 de maio de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-alpha05. A versão 1.3.0-alpha05 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Geração de uma exceção mais clara quando a métrica do macrobench retorna valores zero para todas as iterações (Iab58f, b/314931695).
  • Outras regras alternativas foram adicionadas às regras do ProGuard do Microbench, incluindo suporte para regras de ouvinte e outros avisos / erros observados. (I14d8f, b/329126308, b/339085669).
  • O rastreamento de métodos é executado como uma fase separada durante uma comparação da Macrobenchmark e não afeta mais as medições. (If9a50, b/285912360, b/336588271).
  • Foram adicionadas mais sugestões de depuração para a mensagem de falha de transmissão do sombreador. (I5efa6, b/325502725).

Versão 1.3.0-alpha04

1o de maio de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-alpha04. A versão 1.3.0-alpha04 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Foi adicionada a variante experimental MacrobenchmarkRule#measureRepeated, que usa um PerfettoConfig personalizado para gravar rastros do Perfetto totalmente personalizados Configurações incorretas podem causar falhas nas classes Metric integradas. (Idfd3d, b/309841164, b/304038384).
  • Renomeação de PowerMetric.deviceSupportsPowerEnergy como PowerMetric.deviceSupportsHighPrecisionTracking para maior clareza (I5b82f).
  • PowerMetric.deviceBatteryHasMinimumCharge() e PowerMetric.deviceSupportsPowerEnergy() foram adicionados para permitir mudar ou pular comparativos de mercado com base na capacidade de medição de energia do dispositivo. (I6a591, b/322121218).

Correções de bugs

  • Foi adicionada uma comparação com o perfil de referência anterior (I824c8, b/269484510).
  • Adição de DSL para desativar avisos (Ic4deb, b/331237001).
  • Mudança da exceção para o registro de informações quando as variantes de comparação são desativadas (I8a517, b/332772491).
  • A captura de rastros de método para uma comparação da Macrobenchmark é simplificada pela duração do measureBlock() real. Antes, ela começava no lançamento do processo de destino e só oferecia suporte a inicializações a frio (Iee85a, b/300651094).
  • Evitar falhas quando o processador de rastreamento perfetto está lento para iniciar (I98841, b/329145808).

Versão 1.3.0-alpha03

17 de abril de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-alpha03. A versão 1.3.0-alpha03 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Adiciona APIs públicas PerfettoTraceProcessor.Session.queryMetrics da API com variantes JSON, textproto e binária proto (não decodificadas). Isso permite que você consulte métricas integradas ao TraceProcessor (I54d7f, b/304038382).
  • profilerOutput foi adicionado à saída JSON para facilitar o uso de ferramentas em relação a rastros de criação de perfil (por exemplo, perfetto, rastreamentos de método). (I05ddd, b/332604449).
  • A tag de energia foi adicionada para comparar a configuração do Perfetto. Isso captura, por exemplo, pontos de rastreamento de wake lock. (Icfe44, b/286551983).
  • O argumento inst androidx.benchmark.profiling.skipWhenDurationRisksAnr foi adicionado. Ele pode ser definido como falso para evitar pular rastreamentos de método quando a duração esperada puder causar um ANR. É altamente recomendável evitar em execuções de CI.
  • O argumento de instalação experimental androidx.benchmark.profiling.perfCompare.enable foi adicionado. Defina-o como verdadeiro para executar a comparação entre as fases de medição e criação de perfil. Útil para, por exemplo, avaliar a sobrecarga do rastreamento de método. (I61fb4, b/329146942).

Mudanças na API

  • Mudança de TraceSectionMetric.Mode para a classe selada a fim de permitir a expansão futura sem corromper as instruções when (I71f7b).
  • TraceSectionMetric.Mode.Average e .Count foram adicionados e args reorganizados para que o argumento mais comum (mode) estivesse antes na lista de argumentos, reduzindo a necessidade de especificar nomes de parâmetros. (Ibf0b0, b/315830077, b/322167531).
  • Metric.getResult foi renomeado como getMeasurements para corresponder ao tipo de retorno (I42595).

Correções de bugs

  • Correção para garantir que os comparativos de mercado usem perfis de referência gerados quando automaticGenerationDuringBuild estiver desativado (Ic144f, b/333024280).
  • As substituições de propriedade do plug-in do Gradle BaselineProfile para ativar a geração de perfis de referência e o comparativo de mercado ao personalizar um tipo de build nonMinified ou de comparação foram corrigidas (Ib8f05, b/324837887).
  • Os rastros do método foram corrigidos na macrobenchmark para que eles sejam totalmente capturados e válidos, mesmo em dispositivos mais lentos. (I6349a, b/329904950).
  • Ative o início do bloqueio no registro de rastreamento do Perfetto para reduzir o risco de falta de dados no início do rastreamento. Compatível apenas com a API 33 ou versões mais recentes (Ie6e41, b/310760059).
  • Adicionamos um aviso quando o Android Test Orchestrator é usado em módulos de comparação. Isso vai fazer com que os arquivos JSON de saída por módulo sejam substituídos repetidamente. (Ia1af6, b/286899049).
  • Forçar "," (vírgula) separadores de milhares para consistência na saída do Studio, ignorando a localidade do dispositivo (I3e921, b/313496656).
  • TraceSectionMetric agora oferece suporte a frações criadas usando Trace.{begin|end}AsyncSection. (I91b32, b/300434906).
  • Foram adicionados rótulos log.w / exception a todas as falhas de detecção de inicialização. Isso não muda o comportamento atual (por isso, alguns erros são gerados e outros silenciosamente não detectam a inicialização), apenas o torna mais compreensível. Geralmente, aqueles que Log.w() e não informam as métricas de inicialização são aqueles em que eventos sem frame estão ausentes. As exceções são geradas quando a inicialização é detectada, exceto pelas informações de tempo para a renderização do frame (das frações da interface/RT). (Id240f, b/329145809).
  • Cancele jobs de dexopt em segundo plano antes de executar uma Macrobenchmark para reduzir a interferência. (I989ed).
  • Adição da medição de frameCount a FrameTimingMetric para ajudar na descoberta de cenários em que as medições mudam porque o número de frames produzidos mudou (novas animações adicionadas, problemas de invalidação corrigidos). (I1e5aa).
  • Esclarecemos que frameOverrunMs é a métrica preferencial para rastreamento quando disponível nos documentos e o motivo disso. (I18749, b/329478323).

Versão 1.3.0-alpha02

20 de março de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-alpha02. A versão 1.3.0-alpha02 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Suporte experimental ao R8 no microbench com regras incorporadas do ProGuard. Esse suporte é experimental e requer o AGP 8.3 para minificação de testes de módulo de biblioteca. Use o seguinte para ativar a minificação/otimização do R8 no build.gradle do módulo de comparativo de mercado, o que deve levar a um aumento significativo de desempenho, dependendo da carga de trabalho. (I738a3, b/184378053).

    android {
        buildTypes.release.androidTest.enableMinification = true
    }
    

Correções de bugs

  • Corrige o aviso de rastreamento de método para que fique em uma linha separada da saída do microbench. (I0455c, b/328308833).

Versão 1.3.0-alpha01

21 de fevereiro de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.3.0-alpha01. A versão 1.3.0-alpha01 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Mudança dos parâmetros booleanos MicrobenchmarkConfig para evitar a palavra desnecessária "deve" (Ia8f00, b/303387299).
  • BenchmarkRule.measureRepeatedOnMainThread foi adicionado para que os comparativos de linha de execução principais (por exemplo, aqueles que tocam nas interfaces do Compose ou das visualizações) possam evitar o acionamento de ANRs, especialmente durante grandes pacotes em CI. (I5c86d).
  • Adição de FrameTimingGfxInfoMetric, uma implementação alternativa experimental de FrameTimingMetric com medições vindas diretamente da plataforma, em vez de extraídas do rastro do Perfetto. (I457cb, b/322232828).
  • Foi adicionada a capacidade de despejar um perfil do ART durante iterações individuais do warmUp. (I17923).
  • Várias mudanças na API TraceSectionMetric:
    • Adicionar Mode.Min, Mode.Max
    • Adicione um argumento de rótulo para substituir o nome da seção como um rótulo de métrica.
    • Adição do nome do modo à saída para esclarecer o significado da métrica.
    • O padrão foi alterado para soma, já que a maior parte dessa métrica é usada em eventos repetidos. Esteja ciente dessas mudanças no uso da CI, porque elas podem criar descontinuidades ou interromper a análise. (Ic1e82, b/301892382, b/301955938).

Correções de bugs

  • Melhoria na mensagem de erro no plug-in do Gradle do perfil de referência quando o dispositivo gerenciado especificado não existe (Idea2b, b/313803289).
  • Correção para inclusão de perfis de referência de biblioteca em AARs anteriores ao AGP 8.3.0-alpha15 (I1d2af, b/313992099).
  • Correção do URL de saída do perfil de inicialização e do valor de referência no final da tarefa de geração (I802e5, b/313976958).
  • Os tempos limite da fonte de dados foram ajustados para tentar corrigir java.lang.IllegalStateException: Failed to stop [ProcessPid(processName=perfetto, pid=...)] (I8dc7d, b/323601788).
  • Adicione dois argumentos de instrumentação para substituir o comportamento de descarte de sombreador para solucionar falhas ao comparar apps sem ProfileInstaller 1.3:
    • androidx.benchmark.dropShaders.enable=true/false : pode ser usado para pular toda a queda de sombreador (incluindo a feita em inicializações de StartupMode.Cold), especialmente ao comparar apps que ainda não usam o profileinstaller 1.3
    • androidx.benchmark.dropShaders.throwOnFailure=true/false : pode ser usado para tolerar falhas ao tentar descartar sombreadores, por exemplo, ao comparar apps sem o profileinstaller 1.3 (I4f573).
  • O rastreamento do método na linha de execução da interface é ignorado quando o processo levar mais do que alguns segundos e o rastreamento do método de limpeza ao gerar o código. (I6e768).
  • Gerada quando os nomes dos arquivos têm mais de 200 caracteres para evitar falhas pouco claras ao gravar ou pós-processamento de arquivos. (I4a5ab).
  • Correção do problema em que frames não finalizados no início e no fim do rastro podiam ser pareados juntos, o que era relatado incorretamente como um único frame extremamente longo. (I39353, b/322232828).
  • Use o --skip verification nas APIs 30 e mais recentes ao reinstalar um pacote nas APIs 30 a 33 para limpar os perfis do ART em builds de usuário. Isso ajuda a ignorar os avisos do Play Protect que causam falhas em alguns tipos de dispositivos. (Ic9e36).
  • Use am force-stop para encerrar apps que não são do sistema, como a interface do sistema ou a tela de início. (I5e028).
  • A Macrobenchmark agora aguarda a 1 second para que o aplicativo de destino transfira um perfil do ART. Antes, ele aguardava 500 ms (I85a50, b/316082056).
  • Melhoramos o erro FrameTimingMetric quando os frames não são produzidos e sempre geramos o link para rastrear ao falhar na análise de métricas para ajudar no diagnóstico de problemas. (I956b9).
  • Foi corrigida uma falha em FrameTimingMetric que falhava ao analisar o ID do frame, especialmente em determinados dispositivos OEM (Ia24bc, b/303823815, b/306235276).
  • Redução da rigidez das verificações em FrameMetrics e adição de mais detalhes às mensagens de erro. (Iadede).

Versão 1.2

Versão 1.2.4

17 de abril de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.4. A versão 1.2.4 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Corrige o atributo srcset do perfil de referência que não era configurado nas variantes de comparativo de mercado. Também corrige automaticGenerationDuringBuild em bibliotecas que causa uma dependência circular (I28ab7, b/333024280).
  • Use am force-stop para encerrar apps que não são do sistema, como a interface do sistema ou a tela de início. Isso corrige as falhas de comparativos de mercado do StartupMode.COLD de "O pacote $package não pode estar em execução antes da inicialização a frio!", porque a interrupção do processo não foi totalmente concluída (I5e028).

Versão 1.2.3

24 de janeiro de 2024

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.3. A versão 1.2.3 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Remoção da exceção do plug-in do perfil de referência para Gradle quando a versão do AGP é 8.3.0 ou mais recente.
  • Correção para inclusão de perfis de referência de biblioteca em AARs anteriores ao AGP 8.3.0-alpha15.

Versão 1.2.2

1o de dezembro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.2. A versão 1.2.2 contém estas confirmações.

Perfis de referência

  • Os registros de execução vão mostrar o caminho do arquivo de saída do perfil de referência como um URI de arquivo local (osp/2843918, osp/2853665, b/313976958).

Versão 1.2.1

15 de novembro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.1. A versão 1.2.1 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Melhoria na mensagem de erro quando o usuário desativa variantes de teste (b/307478189).
  • Adição de propriedades para oferecer suporte à integração de execução de teste do AS (b/309805233, b/309116324).

Versão 1.2.0

18 de outubro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0. A versão 1.2.0 contém estas confirmações.

Mudanças importantes desde a 1.1.0

Perfis de referência

  • O novo plug-in do perfil de referência para Gradle automatiza a captura e a inclusão de perfis de referência no fluxo de trabalho de teste e build.
  • O BaselineProfileRule.collect agora é estável, uma versão simplificada da API experimental BaselineProfileRule.collectBaselineProfile anterior.
    • Basta especificar packageName e gerar seu app
  • Para bibliotecas que geram perfis de referência, agora é possível filtrar as regras geradas no código (argumento BaselineProfileRule.collect) ou de forma mais simples no plug-in do Gradle.
  • Correções

Macrobenchmark

  • Compilação
    • A Macrobenchmark agora redefine corretamente o estado de cada compilação. Isso exige a reinstalação do APK anterior ao Android 14. Portanto, a comparação no Android 14 e versões mais recentes é altamente recomendada se você quiser manter o estado (como o login do usuário) no que está sendo medido.
    • Você também pode contornar isso controlando a compilação do app separadamente e pulando a compilação com CompilationMode.Ignore() ou o argumento de instrumentação.
  • Argumentos de instrumentação

    • Suporte para o argumento de instrumentação androidx.benchmark.dryRunMode.enable, já disponível na microbenchmark, para execuções de validação mais rápidas (por exemplo, ao criar a comparação ou no pré-envio).
    • Suporte a androidx.benchmark.profiling.mode=StackSampling e MethodTracing.
    • androidx.benchmark.enabledRules foi adicionado para permitir o perfil de referência de filtragem no ambiente de execução em comparação com testes de regra de Macrobenchmark.
    • O argumento androidx.benchmark.perfettoSdkTracing.enable foi adicionado para ativar o rastreamento com o rastreamento perfeito, por exemplo, o rastreamento de recomposição do Compose. Quando usado com StartupMode.COLD, o tempo será afetado significativamente à medida que a biblioteca de rastreamento for carregada e ativada durante a inicialização do app.
  • Requisitos

    • A Macrobenchmark agora exige o ProfileInstaller 1.3.0 ou mais recente no app de destino para ativar a captura / redefinição de perfil e a limpeza do cache do sombreador.
  • Novas APIs de métricas experimentais

    • Adição de TraceSectionMetric experimental, que permite extrair tempo simples de blocos trace("") {} no seu app, ou TraceMetric para aproveitar todo o recurso de consulta do Perfetto TraceProcessor.
    • Adição de PowerMetric experimental para coletar informações de uso de energia
    • Adição de um MemoryCountersMetric experimental para contar falhas de página.
    • Foi adicionada a API experimental PerfettoTraceProcessor, que é usada internamente para extrair métricas de rastros do sistema (também conhecidos como rastros do Perfetto).
  • Correções

    • Correção de falhas ao instalar ou extrair perfis de um app instalado de vários APKs (por exemplo, de um pacote de apps).
    • Correção de FrameTimingMetric ignorando frames com IDs de frame inconsistentes (geralmente, frames durante ondulações na API 31+) (I747d2, b/279088460).
    • Correção de erros de análise em traces com mais de 64 MB (Ief831, b/269949822).
    • Esclarecimento de erros quando a imagem do SO do dispositivo (especialmente o emulador) não está configurada corretamente para rastreamento ou compilação
    • Pular a verificação de nível de bateria para dispositivos sem bateria (micro e macro)
    • Saída de arquivo aprimorada, com erros mais claros para diretórios de saída inválidos e padrões mais seguros.
    • Melhoria da estabilidade de StartupMode.COLD ao descartar consistentemente o cache do sombreador (também exposto via MacrobenchmarkScope.dropShaderCache).
    • Foi corrigido o substituto de Pull para startActivityAndWait.

Microbenchmark

  • Recursos
    • A criação de perfil foi movida para uma fase separada, depois de outras métricas, para que uma execução de teste possa mostrar o tempo preciso e os resultados da criação do perfil.
  • APIs experimentais
    • Adicionamos a API experimental MicrobenchmarkConfig para definir métricas personalizadas e configurar o rastreamento e a criação de perfis. Pode ser usado para capturar rastreamentos de métodos ou pontos de rastreamento, mas não se esqueça da sobrecarga de rastreamento.
    • Foram adicionadas APIs experimentais para controlar o BenchmarkState separadamente de BenchmarkRule, sem o JUnit.
    • O registro experimental PerfettoTrace foi adicionado para ativar a captura de rastros do Perfetto, com configuração personalizada, separada das APIs de comparação
  • Correções
    • Solução alternativa sem espaços em branco principais na saída da comparação do Android Studio.
    • Foi corrigido um problema em que os avisos podiam falhar ao ser impressos na saída de comparação do Android Studio
    • Foi corrigida a falha de SampledProfiling no Android 13 (API 33) e versões mais recentes.
    • Melhoramos significativamente o desempenho do dryRunMode ao pular o rastreamento do IsolationActivity e do Perfetto (modo de simulação até 10 vezes mais rápido em versões mais antigas do SO).

Versão 1.2.0-rc02

6 de outubro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-rc02. A versão 1.2.0-rc02 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • A saída do arquivo de comparação foi corrigida para não interromper mais a cópia do arquivo de plug-in BaselineProfile. Os arquivos foram gerados e copiados do dispositivo, mas foram renomeados de forma que o plug-in do Gradle não os visse. (I8dbcc, b/303034735, b/296453339).
  • Esclarecemos as mensagens de erro de carregamento do tracing-perfetto ao injetar do módulo de Macrobenchmark no aplicativo de destino.

Versão 1.2.0-rc01

20 de setembro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-rc01. A versão 1.2.0-rc01 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Uma exceção (com instruções de correção) agora é gerada quando o rastreamento do SDK do Perfetto falha ao inicializar em uma comparação. (I6c878, b/286228781).
  • Foi corrigida a falha de OOM ao converter o rastreamento de método ART -> formato perfetto. (I106bd, b/296905344).
  • (Macrobenchmark) Foi esclarecido o rótulo de rastreamento de método quando vinculado à saída de teste do Studio, e o método de rastreamento de nomes de arquivo para ser exclusivo no dispositivo/host foi corrigido. Assim, eles não serão substituídos quando mais de uma comparação for executada. (I08e65, b/285912360).
  • Garante que o dispositivo esteja ativado ao capturar um perfil de referência. (I503fc).

Versão 1.2.0-beta05

30 de agosto de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-beta05. A versão 1.2.0-beta05 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • O plug-in do perfil de referência para Gradle agora oferece suporte ao Plug-in do Android para Gradle 8.3. (osp/2715214, link em inglês).

Versão 1.2.0-beta04

23 de agosto de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-beta04. A versão 1.2.0-beta04 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • O plug-in dos perfis de referência para Gradle agora oferece suporte ao Plug-in do Android para Gradle 8.3. (osp/2715214, link em inglês).

Correções de bugs

  • Corrige falhas na gravação / movimentação e extração de arquivos (especialmente as de testes parametrizados) limpando ainda mais os nomes dos arquivos de saída, evitando "=" e ":" nos nomes dos arquivos de saída. (I759d8).

Versão 1.2.0-beta03

9 de agosto de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-beta03. A versão 1.2.0-beta03 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Um argumento foi adicionado para filtrar TraceSectionMetric apenas para o pacote de destino, ativado por padrão (Ia219b, b/292208786).

Correções de bugs

  • O argumento de instrumentação fullTracing.enable foi renomeado como perfettoSdkTracing.enable para consistência com o nome do artefato e outras referências fullTracing.enable vai continuar funcionando como um substituto. (I7cc00).
  • Os pontos de rastreamento internos da biblioteca Benchmark (incluindo o rastreamento de loop/fase de microbenchmark) agora vão aparecer no visualizador de rastros do sistema do Studio e aninhados no processo correto no Perfetto. (I6b2e7, b/293510459).
  • Remoção do erro NOT-PROFILEABLE de macrobenchmark na API 31 e versões mais recentes e pular a verificação de perfil em dispositivos eng/userdebug com acesso root. (I2abac, b/291722507).
  • Ao usar otimizações de layout DEX, as regras de perfil de inicialização também são consideradas como regras de perfil de referência. (aosp/2684246, b/293889189).

Versão 1.2.0-beta02

26 de julho de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-beta02. A versão 1.2.0-beta02 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Foram adicionadas APIs experimentais para configuração e métricas personalizadas do Microbench (por exemplo, criador de perfil e rastreamento). (I86101, b/291820856).

Correções de bugs

  • Informa um erro no macrobench quando o SO está configurado incorretamente para rastreamento, como foi corrigido recentemente nos emuladores da API 26/28 ARM64. (I0a328, b/282191686).
  • Foram adicionados detalhes à falha de redefinição de compilação para sugerir a atualização do emulador, já que alguns emuladores corrigiram esse problema recentemente. (I8c815, b/282191686).
  • Transforme androidx.test.uiautomator:uiautomator:2.2.0 em uma api em vez de uma dependência implementation. (I1981e).

Versão 1.2.0-beta01

18 de julho de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-beta01. A versão 1.2.0-beta01 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Correção de avisos que às vezes eram suprimidos na saída de comparativo de mercado no Studio e solução alternativa para espaços em branco principais da saída de comparação que não eram exibidos no Studio (Ia61d0, b/227205461, b/286306579, b/285912360).
  • Comentário corrigido para FrameTimingMetric. A submétrica é denominada frameDurationCpuMs. (Ib097f, b/288830934).

Versão 1.2.0-alpha16

21 de junho de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha16. A versão 1.2.0-alpha16 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • A API BaselineProfileRule.collectBaselineProfile() foi renomeada como BaselineProfileRule.collect(). (I4b665).

Correções de bugs

  • Compatibilidade da Macrobenchmark com androidx.benchmark.profiling.mode = MethodTracing. (I7ad37, b/285912360).
  • A criação de perfil da Microbenchmark foi movida para uma fase separada. Portanto, ela ocorre em sequência após a medição, em vez de ser substituída. As seções de rastreamento MethodTracing também estão incluídas no rastro capturado do Perfetto, se houver (I9f657, b/285014599).
  • Adicione a medição da contagem a TraceSectionMetric com Mode.Sum. (Ic121a, b/264398606).

Versão 1.2.0-alpha15

7 de junho de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha15. A versão 1.2.0-alpha15 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Adição do MemoryUsageMetric experimental para rastrear o uso da memória de um aplicativo de destino. (I56453, b/133147125, b/281749311).
  • Foi adicionado suporte a configurações totalmente personalizadas do Perfetto com PerfettoTrace.record (If9d75, b/280460183).
  • Propriedade adicionada para pular a geração de perfis de referência. Uso: ./gradlew assemble -Pandroidx.baselineprofile.skipgeneration. (I37fda, b/283447020).

Mudanças na API

  • A API collectBaselineProfile sempre gera perfis de referência estáveis. A API collectStableBaselineProfile foi removida. Em vez dela, use collectBaselineProfile. (I17262, b/281078707).
  • Mudança do argumento filterPredicate de BaselineProfileRule para não nulo, com um valor padrão equivalente para que o comportamento do filtro padrão seja mais claro nos documentos. (I3816e).

Correções de bugs

  • Desative o rastreamento do IsolationActivity e do Perfetto no dryRunMode para melhorar significativamente o desempenho, já que foram a maior parte do tempo de execução. (Ie4f7d).
  • Suporte à amostragem de pilhas de chamadas em Macrobenchmarks usando os argumentos de teste de instrumentação androidx.benchmark.profiling.mode=StackSampling e androidx.benchmark.profiling.sampleFrequency. (I1d13b, b/282188489).
  • Correção de falhas ao descartar sombreadores no Android U (API 34) e em emuladores. (I031ca, b/274314544).

Versão 1.2.0-alpha14

3 de maio de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha14. A versão 1.2.0-alpha14 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Correção de FrameTimingMetric, ignorando frames com IDs inconsistentes. Isso faz com que algumas animações em versões recentes da plataforma (API 31 e mais recentes) ignorem muitos frames enquanto RenderThread estava animado (por exemplo, durante uma ondulação). (I747d2, b/279088460).
  • Foi corrigida a análise do processador de traces para traces com mais de 64 MB. (Ief831, b/269949822).
  • Foi corrigida a falha na geração de perfil de referência no Android U devido à saída diferente do comando pm dump-profiles. (Id1392, b/277645214).
  • Foi corrigido o script de bloqueio de clock da GPU para comparar as strings corretamente (I53e54, b/213935715).

Versão 1.2.0-alpha13

5 de abril de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha13. A versão 1.2.0-alpha13 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Adição de um parâmetro de tipo de perfil ao gerar perfis de referência para oferecer suporte ao recurso de perfil de inicialização futura (Ie20d7, b/275093123).
  • Foi adicionada a nova API experimental TraceMetric para definir métricas totalmente personalizadas com base no conteúdo de um rastro do Perfetto. (I4ce31, b/219851406).
  • Adicione uma métrica experimental para determinar o número de falhas da página durante uma comparação. (I48db0).

Versão 1.2.0-alpha12

22 de março de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha12. A versão 1.2.0-alpha12 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • O novo plug-in do Gradle para perfil de referência foi lançado na versão Alfa, facilitando a geração de um perfil de referência e simplificando o fluxo de trabalho do desenvolvedor.

Mudanças na API

  • O suporte ao rastreamento do Perfetto foi removido nas APIs 21 e 22, que inclui Microbenchmarks e as APIs PerfettoTrace experimentais. Antes dessa versão, as conexões do UiAutomation não eram confiáveis em alguns dispositivos. (I78e8c).
  • Foi adicionada uma API experimental pública para PerfettoTraceProcessor ativar a análise de conteúdo de trace. Esta é uma etapa em direção a métricas totalmente personalizadas com base nos dados de rastreamento do Perfetto. (I2659e, b/219851406).

Versão 1.2.0-alpha11

8 de março de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha11. A versão 1.2.0-alpha11 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Correção de falhas em MacrobenchmarkRule e BaselineProfileRule ao reinstalar ou extrair perfis de um pacote de apps com vários APKs. (I0d8c8, b/270587281).

Versão 1.2.0-alpha10

22 de fevereiro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha10. A versão 1.2.0-alpha10 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Graças a um novo recurso da plataforma, o Macrobenchmark não reinstala mais os apps de destino para redefinir o estado de compilação no Android 14 e mais recentes. Antes, era necessário ter um dispositivo com acesso root ou lidar com a remoção de todo o estado do aplicativo (por exemplo, o login do usuário) antes da execução de cada comparativo de mercado (I9b08c, b/249143766).

Correções de bugs

  • DryRunMode foi corrigido para não falhar mais com o perfil vazio devido à ação de pular a compilação. Em vez disso, ele executa uma única iteração e extrai o perfil para garantir que algo seja capturado (I2f05d, b/266403227).
  • Foi corrigida a falha de PowerMetric ao verificar a presença de powerstats em níveis antigos da API (5faaf9, b/268253898).

Versão 1.2.0-alpha09

11 de janeiro de 2023

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha09. A versão 1.2.0-alpha09 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • É permitida a transmissão de None para androidx.benchmark.enabledRules a fim de desativar a geração de comparativos de mercado ou de perfis de referência (I3d7fd, b/258671856).
  • Correção da captura de PerfettoTrace em módulos de apps, ou seja, APKs de teste sem autoinstrumentação (I12cfc).
  • Correção da ordem para argumentos de extração adb do perfil de referência na saída do Studio (I958d1, b/261781624).
  • Agora, a API 33 do emulador Arm é reconhecida corretamente quando tenta executar uma Macrobenchmark e mostra o aviso corretamente (69133b,b/262209591).
  • A verificação de nível de carga em dispositivos sem bateria é ignorada na Macrobenchmark (fe4114, b/232448937).

Versão 1.2.0-alpha08

7 de dezembro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha08. A versão 1.2.0-alpha08 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • As novas APIs experimentais PerfettoTrace.record {} e PerfettoTraceRule foram adicionadas para capturar rastros do Perfetto, também conhecidos como rastreamentos do sistema, como parte de um teste para inspecionar o comportamento e a performance (I3ba16).
  • BaselineProfileRule agora aceita um predicado de filtro em vez de uma lista de prefixos de pacote. Isso dá ao teste controle total sobre a filtragem (I93240).
  • Foi adicionada uma API experimental BaselineProfileRule.collectStableBaselineProfile que aguarda até que um perfil de referência esteja estável para N iterações (I923f3).
  • Foi adicionada a capacidade de especificar um prefixo de nome de arquivo de saída ao gerar perfis de referência usando BaselineProfileRule (I7b59f, b/260318655).

Correções de bugs

  • Melhora da segurança da gravação de saída de arquivos, o que deve impedir que os arquivos de saída sejam gravados / anexados de forma silenciosa, especialmente na API 21/22 (If8c44, b/227510293).
  • O resultado de rastreamento simpleperf foi corrigido para criar e posicionar o arquivo corretamente. Isso também deve resolver problemas mais gerais em que um arquivo não é extraído pelo Gradle (I12a1c, b/259424099).
  • Melhoria na mensagem de erro de profileinstaller quando o profileinstaller é muito antigo. Agora, você precisa atualizar a versão do profileinstaller (1.2.1) para medir os perfis de referência na API 31 a 33, em vez de dizer que não há suporte para ela (Ia517f, b/253519888).
  • Correção de várias falhas de comando de shell na mensagem de erro API de impressão necessária <=23, incluindo falhas na configuração do perfetto para capturar binários e falhas na captura de rastros (Ib6b87, b/258863685).
  • Ordenação automática das regras de perfil geradas para minimizar o número de mudanças ao longo do tempo (ao verificar regras de perfil no controle de origem) (Ie2509).
  • Correção de uma falha em builds sem acesso root abaixo do Android 13 (API 33) com a mensagem Expected no stderr from echo 3 > /proc/sys/vm/drop_caches (I6c245, b/259508183).

Problemas conhecidos: - MacrobenchmarkScope.dropShaderCache() pode falhar devido a um registro de transmissão ausente no manifesto do profileinstaller, que ainda não foi lançado (I5c728, b/258619948). Para resolver o problema em profileinstaller:1.3.0-alpha02, adicione o código abaixo ao arquivo AndroidManifest.xml do aplicativo, não o do comparativo:

  <!-- workaround bug in profileinstaller 1.3.0-alpha02, remove when updating to alpha03+ -->
  <receiver
    android:name="androidx.profileinstaller.ProfileInstallReceiver"
    android:permission="android.permission.DUMP"
    android:exported="true">
    <intent-filter>
        <action android:name="androidx.profileinstaller.action.BENCHMARK_OPERATION" />
    </intent-filter>
  </receiver>

Versão 1.2.0-alpha07

9 de novembro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha07. A versão 1.2.0-alpha07 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • A API PowerMetric foi adicionada para medir a energia e potência em macrobenchmarks (Ife601, b/220183779).
  • MacrobenchmarkScope.dropShaderCache() foi corrigido para descartar o cache de sombreador. Isso remove aproximadamente 20 ms de ruído das comparações do StartupMode.COLD, já que os sombreadores agora são apagados de forma consistente em cada iteração. Anteriormente, a compilação Partial, usando iterações de aquecimento, informava números rápidos incorretos, já que o armazenamento em cache do sombreador era mais provável de acontecer durante o aquecimento. Essa correção exige um dispositivo com acesso root ou o uso de profileinstaller:1.3.0-alpha02 no app de destino. Para ver as mudanças na API da biblioteca ProfileInstaller, consulte a página ProfileInstaller 1.30-alpha02 (Ia5171, b/231455742).
  • TraceSectionMode("label", Mode.Sum) foi adicionado para permitir a medição do tempo total gasto em várias seções de rastreamento com o mesmo rótulo. Por exemplo, TraceSectionMetric("inflate", Mode.Sum) vai informar uma métrica inflateMs pelo tempo total em uma macrobenchmark gasta na inflação. Também removemos o requisito da API de nível 29, já que a TraceSectionMetric funciona com androidx.tracing.Trace de volta aos níveis mais baixos da API, com o uso de forceEnableAppTracing no app de destino (Id7b68, b/231455742).

Correções de bugs

  • A segurança de todos os comandos do shell interno foi melhorada com a validação de todas as saídas/erros (I5984d, b/255402908, b/253094958).
  • O dispositivo no comando adb pull do perfil de referência foi especificado. Dessa forma, o comando pull poderá ser simplesmente copiado se vários dispositivos estiverem conectados (até no máximo um emulador) (I6ac6c, b/223359380).
  • Foi adicionado um erro caso o APK de teste de macrobenchmark não esteja configurado para autoinstrumentação. Esse erro impede o processo de macrobenchmark do app de destino. No processo, o macrobench não pode compilar/encerrar/inicializar a frio o app nem controlar as próprias permissões (I4279b).
  • Foi corrigido um problema de measureRepeated() em que StartupMode.COLD não encerrava o processo de destino após setupBlock. Agora, a interação de setupBlock com o app não deixará o processo do app em execução e uma medição inválida de inicialização a frio (I8ebb7).

Versão 1.2.0-alpha06

24 de outubro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha06. A versão 1.2.0-alpha06 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • BaselineProfileRule não exige mais acesso root no Android 13 (nível 33 da API) e não é mais experimental (Ie0a7d, b/250083467, b/253094958).
    • Essa mudança também corrige como os perfis de um app são transferidos para o disco em dispositivos sem acesso root. Atualize a dependência do profileinstaller no app de destino.
    • Para usar BaselineProfileRule ou CompilationMode.Partial(warmupIterations) em um dispositivo sem acesso root, também é necessário atualizar o androidx.profileinstaller.profileinstaller:1.3.0-alpha01 no app de destino. Isso permite transferir o perfil para o disco corretamente para que ele seja compilado/extraído.

Correções de bugs

  • Foi corrigida uma falha de SampledProfiling no nível 33 da API ou mais recente (I40743, b/236109374).

Versão 1.2.0-alpha05

5 de outubro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha05. A versão 1.2.0-alpha05 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Foi corrigido o detalhamento de frames no visualizador de rastreamento do sistema do Studio para rastros de comparação capturados (I3f3ae, b/239677443).
  • O FrameTimingMetric foi corrigido para listar FrameOverrun como exigindo a API 31 em vez de 29 (I716dd, b/220702554).
  • A iteração em BaselineProfileRule foi definida, e agora fica claro quando o pacote de destino não está instalado, o que já era feito para MacrobenchmarkRule (Ic09a3, b/227991471)

Versão 1.2.0-alpha04

21 de setembro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha04. A versão 1.2.0-alpha04 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Foi adicionado suporte ao argumento de instrumentação dryRunMode.enable para macrobenchmark (já disponível em micro). Isso agiliza o desenvolvimento local e ajuda a validar a automação do app, por exemplo, no pré-envio. Essa novidade substitui as iterações para 1, pula a compilação, suprime todos os erros de configuração e desativa a saída do arquivo .json de medição (Ib51b4, b/175149857).

    Na linha de comando do Gradle:

    ./gradlew macrobenchmark:cC -P android.testInstrumentationRunnerArguments.androidx.benchmark.dryRunMode.enable=true
    

    No build.gradle:

    android {
        defaultConfig {
            testInstrumentationRunnerArgument 'androidx.benchmark.dryRunMode.enable', 'true'
        }
    }
    

Correções de bugs

  • O StartupTimingMetric foi corrigido para não exigir mais que atividades medidas sejam iniciadas por MacrobenchmarkScope.startActivityAndWait(). Isso significa que a métrica pode detectar lançamentos de notificações, Context.startActivity(), navegação baseada em atividade no app ou comandos do shell (Ia2de6, b/245414235).
  • A inflexibilidade da detecção de frames foi reduzida para corrigir o bug em que o startActivityAndWait atingia o tempo limite enquanto tentava aguardar o fim da inicialização nos emuladores (Ibe2c6, b/244594339, b/228946895).

Versão 1.2.0-alpha03

7 de setembro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha03. A versão 1.2.0-alpha03 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Foram adicionadas APIs experimentais para usar o BenchmarkState de forma independente, sem BenchmarkRule e JUnit4 (Id478f, b/228489614).

Correções de bugs

  • Foi adicionado um substituto do Leanback para startActivityAndWait (01ed77, b/242899915).

Versão 1.2.0-alpha02

24 de agosto de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha02. A versão 1.2.0-alpha02 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • O valor padrão de MacrobenchmarkScope.killProcess() é am force stop, mesmo quando tem acesso root, exceto durante a geração de perfis de valor referência. Ele pode ser substituído por um argumento booleano opcional (02cce9, b/241214097).

Correções de bugs

  • Suporte para a geração de perfil de valor de referência para apps do sistema (I900b8, b/241214097).
  • Verificação de suporte para métricas de energia do ODPM em dispositivos sem acesso root (a38c78, b/229623230).

Versão 1.2.0-alpha01

27 de julho de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.2.0-alpha01. A versão 1.2.0-alpha01 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Novo componente trace-perfetto-common, que permite que as ferramentas ativem o rastreamento do SDK do Perfetto em um app que o expõe (I2cc7f).
  • Foi adicionado o argumento de instrumentação androidx.benchmark.enabledRules para permitir que a filtragem de Macrobenchmark seja executada apenas para comparativos de mercado ou geração de perfis de referência. Transmita "Macrobenchmark" ou "BaselineProfile" para executar apenas um tipo de teste, por exemplo, ao gerar BaselineProfiles em um emulador. O argumento também oferece suporte a listas separadas por vírgulas (I756b7, b/230371561).

    Por exemplo, no build.gradle de macrobenchmark:

    android {
        defaultConfig {
            testInstrumentationRunnerArgument 'androidx.benchmark.enabledRules', 'BaselineProfile'
        }
    }
    

    Ou na linha de comando do Gradle:

    ./gradlew macrobenchmark:cC -P android.testInstrumentationRunnerArguments.androidx.benchmark.enabledRules=BaselineProfile
    

Mudanças na API

  • Foi adicionado um novo PowerMetric para medir tarefas de energia e potência em comparativos de mercado (I9f39b, b/220183779).
  • Foi adicionado um novo modo de compilação CompilationMode.Ignore para ignorar a redefinição e compilação de perfis (Ibbcf8, b/230453509).
  • Foi adicionado um novo parâmetro a BaselineProfileRule#collectBaselineProfile para filtrar o arquivo de saída por nome de pacote (If7338, b/220146561).
  • Permite que o desenvolvedor descarregue o dispositivo para medir o consumo de energia (I6a6cb).
  • Foi adicionada a capacidade de limpar o cache de sombreador em MacrobenchmarkScope (I32122).
  • Permite que o desenvolvedor configure a exibição do tipo de métrica e detalhe as categorias de subsistema desejadas (I810c9).
  • Anteriormente, um UnsupportedOperationException era gerado no comparativo de mercado quando executado em um dispositivo sem suporte. Agora, o UOE só ocorre se a métrica é usada em um dispositivo sem suporte, como PowerMetric.configure (I5cf20, b/227229375).
  • TotalPowerMetric e TotalEnergyMetric foram adicionados para medir o total de potência e energia em cada categoria do sistema em macrobenchmarks (I3b26b, b/224557371).

Correções de bugs

  • Foi corrigido um problema em que métodos compilados não eram redefinidos corretamente entre cada macrobenchmark em builds sem acesso root. Infelizmente, isso exige a reinstalação do APK a cada iteração, o que limpa os dados de cada macrobenchmark no aplicativo (I31c74, b/230665435).
  • Foi corrigida uma falha na gravação de rastreamento da API 21/22 (If7fd6, b/227509388., b/227510293., b/227512788.).
  • A detecção do fim da inicialização da atividade foi reformulada para corrigir a exceção "Não foi possível ler as métricas" nos macrobenchmarks de inicialização (Ia517c).

Versão 1.1.1

Versão 1.1.1

9 de novembro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.1. A versão 1.1.1 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Foi corrigido android.system.ErrnoException: open failed: EACCES, que ocorria em alguns dispositivos Android 11 (API de nível 30) ou mais recentes. Esse é um detalhe de uma correção de 1.2.0-alpha01 (aosp/2072249).

Versão 1.1.0

Versão 1.1.0

15 de junho de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0. A versão 1.1.0 contém estas confirmações.

  • Esta versão é idêntica à androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-rc03.

Mudanças importantes desde a versão 1.0.0

Versão 1.1.0-rc03

1º de junho de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-rc03. A versão 1.1.0-rc03 contém estas confirmações.

Correções de bugs

Versão 1.1.0-rc02

11 de maio de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-rc02. A versão 1.1.0-rc02 contém estas confirmações.

  • Esta versão inclui uma mudança de comportamento, já que os apps são totalmente reinstalados entre cada comparação para garantir medições precisas.

Correções de bugs/Mudanças de comportamento

  • Foi corrigido um problema em que a compilação do app não era redefinida corretamente entre macrobenchmarks e não era redefinida em builds sem acesso root. Isso corrige muitos casos em que a execução de vários testes fazia com que o CompilationMode tivesse pouco ou nenhum efeito nas medições. Para resolver esse problema, o app de destino reinstala totalmente todos os métodos de teste, o que limpa os dados do app entre cada macrobenchmark (I31c74, b/230665435).

  • Como isso evita que os apps configurem o estado antes dos testes, agora é possível pular a compilação / reinstalação para que seja possível contornar esse problema. Por exemplo, é possível compilar totalmente o destino com um comando do shell cmd package compile -f -m speed <package> e, em seguida, ignorar a etapa de compilação de macrobenchmark.

    Por exemplo, no build.gradle de macrobenchmark:

    android {
        defaultConfig {
            testInstrumentationRunnerArgument 'androidx.benchmark.compilation.enabled, 'false'
        }
    }
    

    Ou na linha de comando do Gradle:

    ./gradlew macrobenchmark:cC -P android.testInstrumentationRunnerArguments.androidx.benchmark.compilation.enabled=false
    
  • Agora é possível compartilhar um módulo entre macrobenchmarks e testes de geração de perfil de referência adicionando o argumento de instrumentação androidx.benchmark.enabledRules. Transmita "Macrobenchmark" ou "BaselineProfile" para executar apenas um tipo de teste, por exemplo, ao gerar BaselineProfiles em um emulador (I756b7, b/230371561).

    Por exemplo, no build.gradle de macrobenchmark:

    android {
        defaultConfig {
            testInstrumentationRunnerArgument 'androidx.benchmark.enabledRules', 'BaselineProfile'
        }
    }
    

    Ou na linha de comando do Gradle:

    ./gradlew macrobenchmark:cC -P android.testInstrumentationRunnerArguments.androidx.benchmark.enabledRules=BaselineProfile
    

Versão 1.1.0-rc01

20 de abril de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-rc01. A versão 1.1.0-rc01 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Os links de saída do perfil de referência no Android Studio agora usam um nome de arquivo exclusivo. Dessa forma, a saída sempre vai refletir os resultados mais recentes do uso de uma BaselineProfileRule (aosp/2057008, b/228203086).

Versão 1.1.0-beta06

6 de abril de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta06. A versão 1.1.0-beta06 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Uma falha na gravação de rastreamento foi corrigida na API 21/22 (If7fd6, b/227509388).
  • A detecção do fim da inicialização da atividade foi reformulada para corrigir a exceção "Não foi possível ler as métricas" nos macrobenchmarks de inicialização (Ia517c).
  • As métricas de inicialização para Macrobenchmarks quando CompilationMode.None() é usado foram corrigidas. Antes dessa mudança, CompilationMode.Partial() parecia mais lento que Compilation.None() (611ac9).

Versão 1.1.0-beta05

23 de março de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta05. A versão 1.1.0-beta05 contém estas confirmações.

Correções de bugs

Versão 1.1.0-beta04

23 de fevereiro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta04. A versão 1.1.0-beta04 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Foram corrigidas as métricas ausentes no Android 10 e a NoSuchElementException causada por nomes de processos que não eram capturados corretamente em rastros (Ib4c17, b/218668335).

  • Uso da classe PowerManager para detecção de limitação térmica no Q (API de nível 29) e versões mais recentes. Isso reduz significativamente a frequência de falsos positivos na detecção da limitação térmica (nova tentativa de comparativo após 90 segundos de resfriamento) e acelera significativamente os comparativos nos builds de usuário. Essa classe também fornece a detecção de limitações mesmo quando as frequências estão bloqueadas, se o bloqueio é muito alto para o ambiente físico do dispositivo (I9c027, b/217497678, b/131755853).

  • Filtro da criação de perfil de amostragem do simpleperf para a linha de execução measureRepeated apenas para simplificar a inspeção (Ic3e12, b/217501939).

  • Suporte às métricas de subprocessos nomeados da interface em apps de vários processos (Ice6c0, b/215988434).

  • Filtro para as regras do perfil de referência para direcionar ao Android 9 (SDK 28) (aosp/1980331, b/216508418).

  • A instalação do perfil é ignorada ao usar Compilation.None(). Além disso, há avisos quando o app está usando uma versão mais antiga de androidx.profileinstaller e do Plug-in do Android para Gradle (aosp/1977029).

Versão 1.1.0-beta03

9 de fevereiro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta03. A versão 1.1.0-beta03 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Adição da classe AudioUnderrunMetric à biblioteca Macrobenchmark em uma sinalização experimental para permitir a detecção de underruns de áudio (Ib5972).
  • A BaselineProfileRule não aceita mais um bloco setup, porque ele tinha a mesma função que profileBlock (Ic7dfe, b/215536447).

    Por exemplo:

    @Test
    fun collectBaselineProfile() {
        baselineRule.collectBaselineProfile(
            packageName = PACKAGE_NAME,
            setupBlock = {
                startActivityAndWait()
            },
            profileBlock = {
                // ...
            }
        )
    }
    
    @Test
    fun collectBaselineProfile() {
        baselineRule.collectBaselineProfile(
            packageName = PACKAGE_NAME,
            profileBlock = {
                startActivityAndWait()
                // ...
            }
        )
    }
    

Correções de bugs

  • Foi corrigido um problema em que os rastros do criador de perfil do microbench não eram atualizados nas execuções subsequentes quando vinculados na saída do Studio (I5ae4d, b/214917025).
  • Comandos de shell de compilação na API 23 (Ice380) foram impedidos.
  • Renomeação de FrameCpuTime como FrameDurationCpu e FrameUiTime como FrameDurationUi para esclarecer que essas são as durações, não as marcações de tempo, e usar prefixos iguais (I0eba3, b/216337830).

Versão 1.1.0-beta02

26 de janeiro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta02. A versão 1.1.0-beta02 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Os resultados da amostragem de pilhas de Microbenchmark e do perfil de rastreamento de método agora são vinculados à saída do Studio, semelhante a outras saídas de criação de perfil, e não suprimem a métrica de alocação (Idcb65, b/214440748, b/214253245).
  • Agora, BaselineProfileRule exibe o comando adb pull no resultado do logcat e do Studio para extrair o arquivo de texto BaselineProfile gerado (f08811).

Versão 1.1.0-beta01

12 de janeiro de 2022

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-beta01. A versão 1.1.0-beta01 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Correção da possibilidade de que o argumento do criador de perfil seja ignorado (I37373, b/210619998).
  • Remoção dos CompliationModes descontinuados (I98186, b/213467659).
  • Mudança no argumento do perfil de referência de CompilationMode.Partial para enum para maior clareza (Id67ea).

Versão 1.1.0-alpha13

15 de dezembro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha13. A versão 1.1.0-alpha13 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • O "Rastreamento do sistema" de baixa sobrecarga foi adicionado para fazer a microcomparação de saídas no Android Q (API 29+). No momento, isso não captura o rastreamento personalizado (usando as APIs android.os.Trace ou androidx.tracing do Jetpack) para não afetar os resultados. Esse rastreamento é útil para diagnosticar a instabilidade, especialmente de fontes fora da comparação (I298be, b/205636583, b/145598917).
  • Os CompilationModes foram colocados em uma das três classes: Full (completo), None (nenhum), Partial (parcial). Antes, eles eram nomeados de forma inconsistente de acordo com os argumentos da compilação, que agora tratamos como detalhes de implementação, e recursos. Isso deixa as compensações, as possíveis combinações e o comportamento entre as versões da plataforma mais claros (I3d7bf, b/207132597).
  • A configuração e a medida agora estão sempre em pares e em ordem. Agora, é possível consultar o nome do pacote e a iteração, embora a iteração possa ser null em alguns casos de aquecimento (Id3b68, b/208357448, b/208369635).

Correções de bugs

  • Correção do CompilationMode.Speed tratado incorretamente como None (I01137).

Versão 1.1.0-alpha12

17 de novembro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha12. A versão 1.1.0-alpha12 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Adicionamos TraceSectionMetric experimental para medições de tempo personalizadas baseadas em rastros (I99db1, b/204572664).

Correções de bugs

  • Ativação do dispositivo a cada iteração para garantir que a IU possa ser testada. A tela de bloqueio precisa estar desativada (Ibfa28, b/180963442).
  • Correção de várias falhas no modo de criação de perfil do StackSampling em emuladores e dispositivos sem acesso root (Icdbda, b/202719335).
  • Remoção da suspensão de 0,5 segundo no final de cada iteração. Se você perceber métricas ausentes com essa mudança, informe um bug (Iff6aa).
  • Redução das chances de perda de dados e menor sobrecarga de memória com o rastreamento (Id2544, b/199324831, b/204448861).
  • O tamanho do rastro foi reduzido em cerca de 40% ao mudar para o formato compacto de armazenamento programado (Id5fb6, b/199324831).
  • Atualização das implementações de métricas de inicialização para que sempre terminem no fim da renderthread. Isso será mais consistente entre as versões da plataforma e mais parecido com as medições no app (Ic6b55).

Versão 1.1.0-alpha11

3 de novembro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha11. A versão 1.1.0-alpha11 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • A minSdkVersion da Macrobenchmark agora é 23 (If2655).
  • Adiciona uma nova BaselineProfileRule experimental, que é capaz de gerar perfis de valor de referência para a jornada ideal do usuário do app. A documentação detalhada vai ser publicada em breve (Ibbefa, b/203692160).
  • A variante da interface measureRepeated, que foi adicionada para autores de chamadas Java, foi removida porque causava ambiguidade na conclusão/solução do método. Os autores das chamadas Java precisarão retornar a Unit.Instance de measureRepeated. Se isso for inconveniente, registre um bug. Poderemos revisar isso em uma versão futura (Ifb23e, b/204331495).

Versão 1.1.0-alpha10

27 de outubro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha10. A versão 1.1.0-alpha10 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Backport do StartupTimingMetric para funcionar na API 23. Essa nova implementação também processa melhor o método reportFullyDrawn() para aguardar até que o conteúdo correspondente seja renderizado (If3ac9, b/183129298).
  • JvmOverloads foram adicionados a vários métodos do MacrobenchmarkScope para autores de chamada do Java (I644fe, b/184546459).
  • Outra função MacrobenchmarkRule.measureRepeated foi fornecida para aplicar um Consumer<MacrobenchmarkScope> no uso idiomático da linguagem Java (If74ab, b/184546459).

Correções de bugs

  • Rastreamentos que não começavam cedo o suficiente e ignoravam dados de métricas foram corrigidos. Com isso, as exceções "Não foi possível ler métricas durante o benchmark" causadas pela biblioteca foram corrigidas (I6dfcb, b/193827052, b/200302931).
  • Mudança do nome do FrameNegativeSlack para FrameOverrun para esclarecer o significado: o frame durou mais tempo do que deveria (I6c2aa, b/203008701).

Versão 1.1.0-alpha09

13 de outubro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha09. A versão 1.1.0-alpha09 contém estas confirmações.

Correções de bugs

  • Foi adicionado suporte à liberação do cache de páginas do Kernel sem acesso root na API 31/S+, o que aumenta a precisão das inicializações de StartupMode.COLD (Iecfdb, b/200160030).

Versão 1.1.0-alpha08

29 de setembro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha08. A versão 1.1.0-alpha08 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Permissão para que MacroBenchmarks de rolagem sejam executados na API 23 (If39c2, b/183129298).
  • Adição de novo tipo de métrica de amostra à saída de IU e JSON, com foco em percentis de várias amostras por iteração (I56247, b/199940612).
  • Troca para métricas de ponto flutuante em todas as bibliotecas de comparação (truncadas na interface do Studio) (I69249, b/197008210).

Versão 1.1.0-alpha07

1º de setembro de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha07. A versão 1.1.0-alpha07 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • A API mínima agora é a 21 para refletir o nível da API mais baixo que receberá suporte no futuro. A API mínima com suporte continua sendo transmitida por requiredApi() e atualmente é a 29 (I440d6, b/183129298).

Correções de bugs

  • O ProfileInstaller foi corrigido para facilitar a execução de MacroBenchmarks usando apps com perfis de valor de referência no CompilationMode.BaselineProfile (I42657, b/196074999). OBSERVAÇÃO: requer a atualização para androidx.profileinstaller:profileinstaller:1.1.0-alpha04 ou mais.
  • As comparações StartupMode.COLD + CompilationMode.None agora estão mais estáveis (I770cd, b/196074999).

Versão 1.1.0-alpha06

18 de agosto de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha06. A versão 1.1.0-alpha06 contém estas confirmações.

Mudanças na API

  • Adição do argumento de instrumentação androidx.benchmark.iterations para permitir a substituição manual da contagem de iterações ao fazer testes/criar perfis localmente (6188be, b/194137879).

Correções de bugs

  • Mudança para o Simpleperf como criador de perfil de amostragem padrão na API 29 ou mais recente (Ic4b34, b/158303822).

Problemas conhecidos

  • O CompilationMode.BaselineProfile está em desenvolvimento. Evite usá-lo para determinar a qualidade de um perfil por enquanto.

Versão 1.1.0-alpha05

4 de agosto de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha05. A versão 1.1.0-alpha05 contém estas confirmações.

O 1.1.0-alpha04 foi cancelado antes do lançamento devido a uma falha esporádica (b/193827052).

Mudanças na API

  • O startActivityAndWait foi alterado para invocar a inicialização usando am start, o que reduz o tempo de cada iteração de medição em aproximadamente cinco segundos, mas ao custo de não oferecer mais suporte a parcelables de intent (I5a6f5, b/192009149).

Correções de bugs

  • Redução da intensidade da detecção de limitação térmica. Reprocessamento dos valores de referência quando limitações são detectadas com frequência (I7327b).
  • Correção de FrameTimingMetric para funcionar no Android S Beta (Ib60cc, b/193260119).
  • Uso de uma EmptyActivity para fazer o app de destino sair de um estado de fechamento forçado, oferecendo mais suporte a CompilationMode.BaselineProfile (Id7cac, b/192084204).
  • A extensão de arquivo de rastreamento foi mudada para .perfetto-trace a fim de corresponder ao padrão da plataforma (I4c236, b/174663039).
  • StartupTimingMetric agora gera a métrica "totalDrawnMs" para medir o tempo até que a renderização do aplicativo seja concluída. Para definir essa métrica no app, chame Activity.reportFullyDrawn quando o conteúdo inicial estiver pronto, por exemplo, quando os itens da lista inicial forem carregados do banco de dados ou da rede (método reportFullyDrawn disponível sem verificações de versão de build na ComponentActivity). O teste precisa ser executado por tempo suficiente para capturar a métrica (startActivityAndWait não aguarda "reportFullyDrawn") (If1141, b/179176560).
  • Redução do custo de anexação de metadados da IU a rastros em mais de 50 ms (Ic8390, b/193923003).
  • A frequência de pesquisa ao interromper o rastreamento foi consideravelmente aumentada, o que pode reduzir o tempo de execução da comparação de inicializações em mais de 30% (Idfbc1, b/193723768).

Versão 1.1.0-alpha03

16 de junho de 2021

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha03. A versão 1.1.0-alpha03 contém estas confirmações.

Novos recursos

Correções de bugs

  • O exemplo de código do Gradle para suprimir erros de comparações foi atualizado para usar uma API não descontinuada, com sintaxe que também oferece suporte a usuários do .gradle.kts.

    Por exemplo:

    testInstrumentationRunnerArguments["androidx.benchmark.suppressErrors"] = "EMULATOR,LOW-BATTERY"
    

Versão 1.1.0-alpha02

18 de maio de 2021

A versão 1.1.0-alpha02 da Benchmark fornece um ótimo componente para comparações, o Macrobenchmark. Além de fazer comparações para avaliar repetições da CPU, a macrobenchmark permite medir interações de apps inteiros, como inicialização e rolagem, e capturar rastros. Para saber mais, consulte a documentação da biblioteca.

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-*:1.1.0-alpha02. A versão 1.1.0-alpha02 contém estas confirmações.

Novos recursos

Artefatos Macrobenchmark foram adicionados (androidx.benchmark:benchmark-macro-junit4 e androidx.benchmark:benchmark-macro)

  • Capture métricas de desempenho de inicialização, rolagem/animação do app localmente ou em CI
  • Capturar e inspecionar rastros no Android Studio

Correções de bugs

  • Solução alternativa de problemas de permissões do shell com diretório de saída no Android 12. Observação: pode ser necessário atualizar o Plug-in do Android para Gradle para a versão 7.0.0 Canary e o Android Studio para o Arctic Fox (2020.3.1) para continuar a captura de arquivos de saída nos dispositivos afetados (Icb039).
  • Compatibilidade de armazenamento em cache de configuração no BenchmarkPlugin (6be1c1, b/159804788).
  • Saída de arquivo simplificada, ativada por padrão, em um diretório que não requer requestLegacyExternalStorage=true (8b5a4d, b/172376362).
  • Foram corrigidos os avisos de exibição do logcat da biblioteca sobre não encontrar linhas de execução JIT em versões da plataforma em que ele não está presente (I9cc63, b/161847393).
  • Correção para leitura da frequência máxima do dispositivo (I55c7a).

Versão 1.1.0-alpha01

10 de junho de 2020

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.1.0-alpha01, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.1.0-alpha01 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.1.0-alpha01. A versão 1.1.0-alpha01 contém estas confirmações.

Novos recursos da versão 1.1

  • Métrica de alocação: os comparativos agora executam uma fase extra após o aquecimento e o tempo, captando as contagens de alocação. As alocações podem causar problemas de desempenho em versões mais antigas da plataforma (140 ns em O se tornaram 8 ns em M, medidos no Nexus5X, com relógios bloqueados). Essa métrica é exibida na saída do console do Android Studio, bem como na
  • Suporte à criação de perfil: agora é possível capturar dados de criação de perfil para executar uma comparação e inspecionar o motivo da lentidão no código. A Benchmark é compatível com a captura de rastreamento de método ou com a amostragem de método do ART. Esses arquivos podem ser inspecionados com o criador de perfil do Android Studio usando File > Open.
  • O plug-in Benchmark para Gradle agora fornece padrões para uma configuração mais simples:
    • testBuildType está definido como a versão de lançamento por padrão para evitar o uso de dependências com cobertura de código integrada. A versão buildType também foi configurada como padrão, o que permite que o Android Studio selecione automaticamente a variante de compilação correta ao abrir um projeto pela primeira vez (b/138808399).
    • signingConfig.debug é usado como a configuração de assinatura padrão (b/153583269).

** Correções de bugs **

  • A sobrecarga da transição de aquecimento foi reduzida significativamente, em que a primeira medição de cada comparativo era artificialmente maior do que as outras. Esse problema era mais pronunciado em comparativos muito pequenos (1 microssegundos ou menos) (b/142058671).
  • Correção do erro InstrumentationResultParser impresso para cada comparativo ao ser executado na linha de comando (I64988, b/154248456).

Problemas conhecidos

  • Invocações do Benchmark para Gradle na linha de comando não imprimem resultados diretamente. Você pode contornar isso executando o Studio ou analisando o arquivo de saída JSON para ver os resultados.
  • Os relatórios da Benchmark não extraem o relatório de dispositivos que têm um app instalado com um applicationId que termina com "android" ou "download" (não diferencia maiúsculas e minúsculas). Os usuários com esse problema devem fazer upgrade do Plug-in do Android para Gradle para 4.2-alpha01 ou mais recente.

Versão 1.0.0

Benchmark versão 1.0.0

20 de novembro de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0, sem alterações desde a versão 1.0.0-rc01. A versão 1.0.0 contém estas confirmações.

Principais recursos da versão 1.0.0

A biblioteca Benchmark permite criar comparativos de performance do código do app e conseguir resultados rapidamente.

Isso evita problemas de configuração de build e execução, além de estabilizar o desempenho do dispositivo para garantir que as medições sejam precisas e consistentes. Execute os comparativos diretamente no Android Studio ou em integração contínua para observar o desempenho do código ao longo do tempo e evitar regressões.

Os principais recursos incluem:

  • Estabilização do relógio
  • Priorização automática de linhas de execução
  • Suporte a testes de performance de interface, como no RecyclerView de exemplo (em inglês).
  • Aquecimento e looping compatíveis com JIT
  • Resultado de comparativo JSON para pós-processamento

Versão 1.0.0-rc01

23 de outubro de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0-rc01, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-rc01 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0-rc01. A versão 1.0.0-rc01 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Inclusão do rastreamento do systrace nos comparativos

Correções de bugs

  • Foi corrigido o problema de instabilidade de métrica em que o JIT não terminava antes do aquecimento devido a não priorização (b/140773023).
  • O diretório de saída JSON foi unificado no Plug-in do Android para Gradle 3.5 e 3.6

Versão 1.0.0-beta01

9 de outubro de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0-beta01, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-beta01 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0-beta01. A versão 1.0.0-beta01 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • A coleta de lixo é executada antes de cada aquecimento para reduzir a pressão de memória de um comparativo que vaza para o próximo (b/140895105).

Correções de bugs

  • A dependência androidx.annotation:android-experimental-lint foi adicionada para que o código Java produza corretamente erros de lint quando a API experimental não é usada, de forma semelhante ao que é oferecido pela anotação experimental Kotlin para os autores de chamada do Kotlin.
  • Agora o uso do argumento de instrumentação additionalTestOutputDir para saída no Plugin do Gradle para Android 3.6 é detectado corretamente, para saber quando o AGP realizará a cópia de dados.
  • Corrigida a frequência do relógio não detectada em JSON para imprimir -1 corretamente (b/141945670).

Versão 1.0.0-alpha06

18 de setembro de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0-alpha06, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-alpha06 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0-alpha06. A versão 1.0.0-alpha06 contém estas confirmações.

Novos recursos

  • Incluída uma verificação de uso incorreto do pacote antigo para execução de testes, que agora apresenta uma mensagem de erro mais útil.

Mudanças na API

  • A anotação experimental ExperimentalAnnotationReport agora está pública da forma correta. O uso da API experimental BenchmarkState#report passou a exigir essa anotação.

Versão 1.0.0-alpha05

5 de setembro de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0-alpha05, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-alpha05 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0-alpha05. As confirmações incluídas nessa versão podem ser encontradas neste link.

Mudanças na API

  • A API BenchmarkState.reportData agora está marcada como experimental.

Correções de bugs

  • Corrigido o script de bloqueio do relógio, que falhava em dispositivos que não tinham os recursos de shell cut ou expr.
  • Corrigido um problema com a tarefa ./gradlew lockClocks, que falhava em dispositivos com acesso root à versão mais antiga do utilitário su, que não tinha suporte à sinalização -c.

Versão 1.0.0-alpha04

7 de agosto de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark-common:1.0.0-alpha04, androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-alpha04 e androidx.benchmark:benchmark-junit4:1.0.0-alpha04. As confirmações incluídas nessa versão podem ser encontradas neste link.

Também foi adicionada uma nova documentação sobre como usar a biblioteca Benchmark sem o Gradle, tanto para uso com diferentes sistemas de build (como Bazel ou Buck) quanto para execução em CI. Para mais informações, consulte Criar comparações sem o Gradle e Executar comparações na integração contínua.

Novos recursos

  • Plug-in do Gradle
    • Agora, ele desativa automaticamente a cobertura de teste e define AndroidBenchmarkRunner por padrão (b/138374050).
    • Foi adicionado suporte a nova cópia de dados baseada no AGP ao executar comparativos e ao usar o AGP 3.6 ou mais recente.
  • Adições ao formato JSON
    • Tempo total de execução do teste de comparativos de saída (b/133147694).
    • Comparativos @Parameterized que usam uma string de nome, como @Parameters(name = "size={0},depth={1}"), agora emitem nomes e valores de parâmetro por comparativo na saída JSON (b/132578772).
  • Modo de teste (b/138785848, link em inglês)
    • Foi adicionado um modo de "teste" para executar cada loop de comparativo apenas uma vez e conferir se há erros/falhas sem capturar medições. Isso pode ser útil, por exemplo, para executar comparativos rapidamente no pré-envio, verificando se eles não estão corrompidos.

Mudanças na API

  • A estrutura do módulo mudou, dividindo a biblioteca (b/138451391).
    • benchmark:benchmark-junit4 contém classes com dependência JUnit: AndroidBenchmarkRunner e BenchmarkRule, que foram movidas para o pacote androidx.benchmark.junit4
    • benchmark:benchmark-common contém o restante da lógica, incluindo a API BenchmarkState.
    • Essa divisão permiite que a biblioteca ofereça suporte à comparação sem as APIs do JUnit4 no futuro.
  • Os avisos de configuração agora são tratados como erros e travam o teste (b/137653596).
    • Isso é feito para incentivar ainda mais medições precisas, especialmente na integração contínua (CI, na sigla em inglês).
    • Esses erros podem ser reduzidos a avisos com um argumento de instrumentação. Por exemplo: -e androidx.benchmark.suppressErrors "DEBUGGABLE,LOW_BATTERY"

Correções de bugs

  • Erros ao gravar no armazenamento externo em dispositivos Q exibem mensagens mais descritivas, com sugestões de como resolver o problema.
  • As telas são ativadas automaticamente durante as execuções de comparativos, em vez de falhar quando a tela está desativada.

Contribuições externas

  • Agradecemos a Sergey Zakharov pela contribuição para as melhorias da saída JSON e para a correção dos problemas relacionados à tela desativada.

Versão 1.0.0-alpha03

2 de julho de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark:1.0.0-alpha03 e androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-alpha03. As confirmações incluídas nessa versão podem ser encontradas neste link.

Novos recursos

  • A duração do modo de espera foi exposta devido à limitação térmica por comparativo no relatório JSON completo.

Correções de bugs

  • O plug-in do Gradle não precisa mais ser aplicado depois dos plug-ins do Android e do bloco do Android.
  • Adiciona compatibilidade com relatórios de comparação em dispositivos Android 10 usando armazenamento com escopo

Versão 1.0.0-alpha02

6 de junho de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:1.0.0-alpha02 e androidx.benchmark:benchmark-gradle-plugin:1.0.0-alpha02. As confirmações incluídas nessa versão podem ser encontradas neste link (link em inglês).

Estamos tratando o esquema JSON como uma API. Planejamos seguir as mesmas restrições de estabilidade de outras APIs: estáveis (com exceções muito raras) uma vez na versão Beta e corrigidas na versão final, com apenas adições em versões secundárias e mudanças/remoções em versões principais.

Mudanças na API

  • Esquema JSON revisado. É provável que outras mudanças no esquema JSON sejam limitadas a adições:

    • A estrutura do objeto de resultado foi reorganizada para oferecer suporte a outros grupos de métricas no futuro (b/132713021).
    • Foram adicionadas informações de contexto de execução de teste, como informações do dispositivo e de build e se as frequências estão bloqueadas, ao objeto de nível superior (b/132711920).
    • Os nomes das métricas de tempo agora têm "ns" (b/132714527).
    • Foram adicionadas outras estatísticas por métrica relatada (máxima, mediana, mínima), e foram removidas estatísticas resumidas "nanos" simplificadas (b/132713851).
  • Remoção de saída XML (b/132714414).

  • A detecção da limitação térmica foi removida da API BenchmarkState.reportData (b/132887006).

Correções de bugs

  • As ./gradlew lockClocks que não fixavam em alguns dispositivos com um SO recente foram corrigidas (b/133424037).
  • Desativada a detecção de limitação para emulador (b/132880807).

Versão 1.0.0-alpha01

7 de maio de 2019

Lançamento de androidx.benchmark:benchmark:1.0.0-alpha01. As confirmações incluídas nessa versão podem ser encontradas neste link.