Register now for Android Dev Summit 2019!

Atualizar o ambiente de desenvolvimento integrado e as ferramentas de SDK

Após instalar o Android Studio, é fácil manter em dia o ambiente de desenvolvimento integrado do Android Studio e as ferramentas do Android SDK com atualizações automáticas e o Android SDK Manager.

Atualize o ambiente de desenvolvimento integrado e altere os canais

O Android Studio usa uma pequena caixa de diálogo em balão para avisar sobre a disponibilidade de atualizações para o ambiente de desenvolvimento integrado. No entanto, você pode verificar isso manualmente clicando em Help > Check for Update (no Mac, Android Studio > Check for Updates).

As atualizações do Android Studio estão disponíveis nestes canais de versão:

  • Canal Canary: são versões de vanguarda absoluta, atualizadas aproximadamente uma vez por semana e disponibilizadas para download em developer.android.com/studio/preview.

    Além de receber versões canary do Android Studio, você também receberá versões de visualização de outras ferramentas de SDK, incluindo o Android Emulator.

    Essas versões estão sujeitas a mais bugs, mas são testadas. Além disso, queremos oferecer acesso antecipado a elas para que você possa experimentar novos recursos e dar seu feedback. Esse canal não é recomendado para desenvolvimento de produção.

  • Canal Dev: são versões canary escolhidas manualmente e aprovadas em uma rodada completa de testes internos.
  • Canal Beta: são compilações candidatas a lançamento baseadas em versões canary estáveis e lançadas para coletar feedback antes de serem disponibilizadas no Canal Stable.
  • Canal Stable: é a versão estável oficial disponível para download em developer.android.com/studio.

Se quiser experimentar um dos canais de visualização (Canary, Desenvolvimento ou Beta) sem deixar de usar a versão estável para os projetos de produção do Android, você poderá instalar os dois lado a lado.

Para alterar o canal de atualização de uma instalação existente, siga estas etapas:

  1. Abra a janela Preferences clicando em File > Settings (no Mac, Android Studio > Preferences).
  2. No painel à esquerda, clique em Appearance & Behavior > System Settings > Updates.
  3. Verifique se a opção Automatically check for updates está marcada e selecione um canal na lista suspensa (consulte a figura 1).
  4. Clique em Apply ou OK.

Figura 1. As preferências de atualização do Android Studio.

Exclua diretórios não usados do Android Studio

Ao gerar uma versão grande do Android Studio pela primeira vez, ela busca diretórios que contêm caches, configurações, índices e registros de versões do Android Studio para as quais uma instalação correspondente não é encontrada. Em seguida, a caixa de diálogo Delete Unused Android Studio Directories exibe locais, tamanhos e horários das últimas modificações desses diretórios não usados e mostra uma opção para excluí-los.

Estes são os diretórios que o Android Studio considera excluir:

  • Linux: ~/.AndroidStudio[Preview]_version_
  • Mac: ~/Library/{Preferences, Caches, Logs, Application Support}/AndroidStudio[Preview]_version_
  • Windows: %USER%\.AndroidStudio[Preview]_version_

Atualize as ferramentas com o SDK Manager

O Android SDK Manager ajuda a fazer o download de ferramentas de SDK, plataformas e outros componentes necessários para desenvolver aplicativos. Depois do download, é possível encontrar cada pacote no diretório indicado como o Android SDK Location, conforme a figura 2.

Para abrir o SDK Manager do Android Studio, clique em Tools > SDK Manager ou clique em SDK Manager na barra de ferramentas. Se não estiver usando o Android Studio, você poderá fazer o download de ferramentas usando a ferramenta de linha de comando sdkmanager .

Quando uma atualização estiver disponível para um dos seus pacotes, será exibido um traço na caixa de seleção ao lado do pacote.

  • Para atualizar um item ou instalar um novo, clique na caixa de seleção para que ela exiba uma marca de verificação.
  • Para desinstalar um pacote, desmarque a caixa de seleção com um clique.

As atualizações pendentes são indicadas na coluna esquerda com um ícone de download . As remoções pendentes são indicadas com uma cruz vermelha .

Para atualizar os pacotes selecionados, clique em Apply ou OK e concorde com os contratos de licença.

Figura 2. O Android SDK Manager.

Considere cuidadosamente as ferramentas a seguir na guia SDK Tools:

Android SDK Build-Tools
Obrigatória. Inclui ferramentas para criar aplicativos Android. Consulte as notas da versão do SDK Build Tools.
Android SDK Platform-Tools
Obrigatória. Inclui diversas ferramentas necessárias para a plataforma Android, incluindo a ferramenta adb.
Android SDK Tools
Obrigatória. Inclui ferramentas essenciais como o ProGuard. Consulte as notas da versão do SDK Tools.
Android Emulator
Recomendada. Uma ferramenta de emulação de dispositivos baseada em QEMU que pode ser usada para depurar e testar seus aplicativos em um ambiente de execução Android real. Consulte as notas da versão do Android Emulator.

Observação: a maioria das bibliotecas de API fornecidas anteriormente pelos pacotes do Repositório de suporte (como a Biblioteca de suporte do Android, o Layout restrito, os serviços do Google Play e o Firebase) agora é disponibilizada no repositório Maven do Google. Os projetos criados com o Android Studio 3.0 e versões posteriores incluem automaticamente esse repositório na configuração da versão. Caso você esteja usando um projeto mais antigo, será preciso adicionar manualmente o repositório Maven do Google ao seu arquivo build.gradle.

Na guia SDK Platforms, também é necessário instalar pelo menos uma versão da plataforma Android. Cada versão oferece diversos pacotes diferentes. Para baixar apenas os pacotes necessários, clique na caixa de seleção ao lado do nome da versão.

Para ver todos os pacotes disponíveis para cada plataforma Android, clique em Show Package Details na parte inferior da janela. Em cada versão de plataforma, você encontrará os pacotes a seguir:

Android SDK Platform
Obrigatório. Pelo menos uma plataforma é necessária no seu ambiente para que você possa compilar o aplicativo. Para fornecer a melhor experiência do usuário nos dispositivos mais recentes, use a última versão de plataforma como alvo de compilação. Ainda será possível executar o aplicativo em versões anteriores. No entanto, para execução na versão mais recente do Android, será necessário compilá-lo com a versão mais recente da plataforma para usar os novos recursos.
Intel ou ARM System Images
Recomendado. A imagem de sistema é necessária para executar o Android Emulator. Cada versão de plataforma contém as imagens de sistema compatíveis. Você também pode baixar imagens de sistema posteriormente durante a criação de Android Virtual Devices (AVDs) no AVD Manager. Selecione Intel ou ARM de acordo com o processador do computador de desenvolvimento.

Observação: caso planeje usar APIs dos serviços do Google Play (incluindo o Firebase), você precisará utilizar a imagem do sistema do Google APIs ou do Google Play (que inclui o aplicativo Play Store).

A lista acima não é abrangente, e você pode adicionar outros sites para fazer o download de pacotes adicionais de terceiros.

Em alguns casos, um pacote SDK pode exigir uma revisão mínima específica de outra ferramenta. Nesse caso, o SDK Manager exibe uma notificação com um aviso e adiciona as dependências à sua lista de downloads.

Dica: você também pode personalizar o arquivo build.gradle para que cada projeto use uma cadeia de versão e opções de versão específicas. Para mais informações, consulte Configuração de versões do Gradle.

Editar ou adicionar sites de ferramentas do SDK

Para gerenciar em que sites de SDK o Android Studio verifica a existência de atualizações de ferramentas do Android e de terceiros, clique na guia SDK Update Sites. Você pode adicionar outros sites que hospedam ferramentas próprias e baixar pacotes desses sites.

Por exemplo, uma operadora de celular ou fabricante de dispositivos pode oferecer bibliotecas de API adicionais que são compatíveis com dispositivos próprios que executam Android. Para desenvolver usando essas bibliotecas, você pode instalar o pacote do Android SDK desses terceiros adicionando o URL de suas ferramentas de SDK ao SDK Manager na guia SDK Update Sites.

Se uma operadora ou fabricante de dispositivos hospedar um arquivo repositório de complementos do SDK em seu próprio site, siga estas etapas para adicionar esse site ao Android SDK Manager:

  1. Clique na guia SDK Update Sites.
  2. Clique em Add na parte inferior da janela.
  3. Insira o nome e o URL do site do terceiro e clique em OK.
  4. Verifique se a caixa de seleção está marcada na coluna Enabled.
  5. Clique em Apply ou OK.

Os pacotes de SDK disponíveis no site aparecerão na guia SDK Platforms ou SDK Tools, conforme o caso.

Download automático de pacotes ausentes com o Gradle

Ao gerar uma versão da linha de comando ou ao usar o Android Studio 3.3 ou posteriores, o Gradle pode fazer o download automático de pacotes de SDK ausentes de que um projeto depende desde que os contratos de licença do SDK correspondente já tenham sido firmados com o uso do SDK Manager.

Quando você aceita os contratos de licença usando o SDK Manager, o Android Studio cria um diretório de licenças dentro do diretório inicial do SDK. Esse diretório de licenças é necessário para que o Gradle faça o download automático dos pacotes que estão faltando.

Observação: esse diretório de licenças não é gerado quando você aceita os contratos de licença usando a ferramenta da linha de comando android. Para usar esse recurso, primeiro você precisa aceitar os contratos usando o SDK Manager.

Caso tenha aceitado os contratos de licença em uma estação de trabalho, mas queira criar seus projetos em outra, você poderá exportar suas licenças copiando o diretório de licenças aceitas. Para copiar as licenças em outra máquina, siga estes passos:

  1. Em uma máquina com o Android Studio instalado, clique em Tools > Android > SDK Manager. No topo da janela, veja o Android SDK Location.
  2. Acesse esse diretório e localize licenses/ dentro dele. Caso não veja o diretório licenses/, volte para o Android Studio, atualize suas ferramentas de SDK e verifique se aceitou os contratos de licença. Você o verá ao retornar ao diretório inicial do Android SDK.
  3. Copie todo o licenses/ e cole-o no diretório inicial do Android SDK na máquina em que você criará seus projetos.

Agora o Gradle poderá fazer o download automático dos pacotes ausentes necessários para seu projeto.

Esse recurso é desativado automaticamente para versões que você gera no Android Studio porque o SDK Manager processa o download de pacotes ausentes para o ambiente de desenvolvimento integrado. Você também pode desativar manualmente esse recurso configurando android.builder.sdkDownload=false no arquivo gradle.properties do projeto.